domingo, 27 de fevereiro de 2011

REVISTA QUERO SABER



Já está na BE mais um número da revista "Quero Saber" .
Uma revista para quem quer saber mais sobre o incrível mundo em que vivemos: ambiente, ciência, tecnologia, espaço, história, corpo humano...

QUERO SABER: a revista que "desperta a tua mente"!

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

PRÉMIO SPA



O prémio da Sociedade Portuguesa de Autores 2011, para a categoria Literatura Infantil, coube a Afonso Cruz com o seu livro A contradição humana.

O início:
"Percebi, certo dia, que o espelho do meu quarto é uma grande contradição: o meu lado esquerdo, quando reflectido, torna-se direito - e o direito, esquerdo - mas a parte de cima não se torna parte de baixo."

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

PRÉMIO DA CIVILIZAÇÃO EDITORA


A Civilização Editora enviou, hoje, o prémio pelo conto "A aventura de ler" escrito pelos alunos do Clube de Escritores, afecto à BE e orientado pela professora bibliotecária. Foi um prazer para os alunos tê-lo criado e redigido e um prazer maior ter ganho.

Obrigada à Editora que contemplou a BE com dez livros.

GRANDE C - O CONCURSO DA CRIATIVIDADE



Consultar o REGULAMENTO.
O que é o Grande C?

sábado, 19 de fevereiro de 2011

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

CNL - 2ª FASE

A fase distrital do Concurso Nacional de Leitura vai decorrer em Sever do Vouga, para os alunos do distrito de Aveiro.
Do Regulamento:
Art.º 11.º

Na Final Distrital - Aveiro - os concorrentes prestam 2 provas, escrita e oral, ambas eliminatórias:
a) Prova Escrita
A Prova Escrita contém 12 perguntas de escolha múltipla, 6 referentes a cada um dos 2 títulos seleccionados. A Prova Escrita contém também uma pergunta de resposta aberta que será corrigida apenas em casos de empate entre 2 ou mais concorrentes vencedores. Nesta prova testam-se conhecimentos relativos à leitura integral das obras.
b) Prova Oral
A Prova Oral, pública, consta de 2 momentos:
1. Leitura expressiva de excertos das obras seleccionadas;
2. Questionário que abordará:
2.1. Biobibliografia dos escritores portugueses - Alice Vieira (3.º Ciclo do Ensino Básico) e José Luís Peixoto (Ensino Secundário);
2.2.Expressão criativa (3.º Ciclo do Ensino Básico); Expressão crítica (Ensino Secundário).
Art.º 12.º
Critérios de Selecção
Na Final Distrital - Aveiro - os concorrentes serão avaliados segundo critérios préestabelecidos:
a) Prova Escrita
A Prova Escrita terá uma duração máxima de 30 minutos.
1. Perguntas de escolha múltipla – identificação, de forma inequívoca, da única alternativa correcta;
2. Pergunta de resposta aberta – conteúdo, organização e correcção linguística.
b) Prova Oral
A Prova Oral será antecedida por um período de 15 minutos de preparação, nos bastidores.
No decorrer da Prova Oral, cada actividade a desenvolver/resposta a dar deverá ser efectuada num período de tempo previamente estipulado.
1. Leitura expressiva – fluência, dicção, pontuação, entoação e ritmo;
2. Questionário:
2.1. Biobibliografia – conteúdo, grau de desenvolvimento e organização da informação;
2.2.Expressão criativa (3.º Ciclo) – adequação temática, originalidade, estrutura, adequação e variedade de vocabulário;
Expressão crítica (Secundário) - adequação temática, qualidade da argumentação, estrutura, adequação e variedade de vocabulário.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

PASSAGEM DE TESTEMUNHO COM TAPETE DE ESTÓRIAS

A estafeta de contos, actividade proposta às BEs do concelho de Santa Maria da Feira pela BM continua. Hoje, a nossa BE levou o conto Borboletas, de Xabier P. Docampo, à escola EB 2,3 da Corga. A técnica do tapete de estórias deu imenso resultado e o conto terminou com a canção de Pedro Abrunhosa, "Eu não sei quem te perdeu" cantada pelos nossos "rouxinóis" do 7ºC, Joana Almeirante, Joana Almeida, Vera Rocha e Diana Almeida.

De salientar que as autoras do tapete são as professoras de EVT, Alexandra Santos e Lurdes Aido que o elaboraram no Clube de Artes.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

HORA DO CONTO NA BE



A turma do 6ºB, acompanhada pela professora de LP, Sívia Correia, veio à BE para ouvir o conto Do cinzento ao azul celeste, de Ana Oliveira, a professora bibliotecária. A leitura foi partilhada pelas duas professoras que dividiram os dois espaços e tempos em que a acção decorre: o espaço/tempo da personagem principal e o espaço/tempo da personagem professora de LP.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

CONTO (COM)TIGO

Começou, hoje, na BE, a estafeta de contos, uma iniciativa da Biblioteca Municipal que desafiou as bibliotecas escolares a mergulharem nesta aventura.
A actividade consiste no seguinte:
A BM (Sara e Maria João) trouxe à BE o conto "O rouxinol" de Hans Christian Andersen e passou o testemunho à equipa da BE que, por sua vez, leu o conto Bolboretas, do escritor galego Xabier P. Docampo. Na próxima quinta-feira, a BE vai passar o testemunho à escola da Corga que o passará a outra e, assim, sucessivamente, até que a caixa de contos percorra todo o concelho de Santa Maria da Feira. O circuito terminará em Maio, na BM, com uma sessão dinamizada por contadores profissionais convidados.




A passagem do testemunho
Tapete do conto Borboletas

FLORESTAS - BOLETIM BIBLIOGRÁFICO

Fundo documental da BE e lista de sites sobre o tema das florestas.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

DIA DOS NAMORADOS - SUGESTÃO DE LEITURA

Para ler a dois, a BE sugere as lendas portuguesas de amor.
Lendas de Portugal: lendas de amor: numa estante, à espera dos leitores apaixonados!

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

CONCURSO DE ESCRITA - CARTA

Daniel Pennac redigiu 0s 10 direitos inalienáveis do leitor. Diz o 6º que cada leitor tem "O direito de amar os heróis dos romances". Neste sentido, a BE acaba de lançar estes desafio aos alunos, até ao próximo dia 14 de Fevereiro, Dia de S. Valentim :

Os alunos podem ganhar inspiração (atenção: inspiração não é cópia!!!), lendo estes exemplos aqui e aqui.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

CONCURSO DE POESIA "ESCREVER O VERDE"

Olha a Natureza, ouve uma música suave e inspira-te.
Este concurso é aberto a toda a comunidade escolar do Agrupamento de Escolas de Arrifana: alunos, famílias, professores e assistentes operacionais.


A escritora Luísa Ducla Soares pode ser inspiradora. Ver aqui um dos seus poemas.

DIA DA INTERNET SEGURA NA BE


Com orientação do professor de Informática, a turma 9ºCEF dinamizou, na BE, ao longo do dia, várias sessões de (in)formação para os colegas se aperceberem dos perigos e das vantagens da Internet. Cada sessão terminou com o jogo "Quem quer ser milionário da Internet".

domingo, 6 de fevereiro de 2011

INTERNET SEGURA - DESAFIOS

Aceita estes desafios e entrega as tuas respostas na BE (onde podes consultar estes cartazes), até ao fim de Fevereiro.
Haverá um prémio para as respostas mais criativas.


DIA DA INTERNET SEGURA


8 de Fevereiro é o Dia da Internet Segura.
Para alertar os jovens para as potencialidades da Internet mas, também, para os seus perigos (pois não há bela sem senão), durante o dia de amanhã, o professor de TIC do 9ºCEF e alguns dos seus alunos vão dinamizar sessões de in(formação) a várias turmas da escola.
O site oficial, SeguraNet, disponibiliza sugestões de actividades e recursos de apoio.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

ACORDO ORTOGRÁFICO

Os prós e os contras:

ANIVERSÁRIO DE ALMEIDA GARRETT

João Baptista da Silva Leitão de Almeida, mais conhecido por Almeida Garrett (este último apelido repescado da avó), nasceu a 4 de Fevereiro de 1799, no Porto. Durante a infância viveu em quintas da família. Na adolescência, teve de fugir das tropas francesas quando o general Soult tomou o Porto e, com a família, instalou-se na ilha Terceira, nos Açores. Aos dezassete anos foi para Coimbra onde terminou o curso de Direito, em 1820. Nesta altura, escreveu poemas e peças de teatro. Em 1823, a situação política do país obrigou-o a partir para o estrangeiro e, durante três anos viveu em Inglaterra e França. Foi então que contactou com autores ingleses, franceses e alemães e com eles ficou a conhecer o novo movimento literário: Romantismo. Enquanto viveu em França, Almeida Garrett escreveu duas obras em verso de acordo com os ideais românticos: Camões e D. Branca.
Da sua obra, destaca-se a peça de teatro Frei Luís de Sousa.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

CONCURSO "LER, UMA AVENTURA QUE NÃO VAIS QUERER PERDER"


“Ler, uma aventura que não vais querer perder!" foi o desafio que a Civilização Editora lançou às escolas para redacção de um conto que, a partir da leitura de um livro de aventuras, realçasse a aventura que é ler.

Ponto 5. do regulamento: "As cinco escolas com as histórias mais criativas receberão os livros Civilização que fazem parte da listagem do Plano Nacional de Leitura adicionada no ano de 2010."
O Clube de Escritores da Escola EB 2,3 de Arrifana, composto por alunos do 5ºC coordenados pela professora bibliotecária, agarrou a ideia, somando mais ideias redigiu o conto "A aventura de ler" e... ganhou!O livro que serviu de inspiração foi Uma aventura na biblioteca, de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada ao qual se juntaram dicionários e citações recolhidas em Citador. O resultado foi uma estória divertida e com uma mensagem muito actual.

A partir de hoje, o conto vai passar para as mãos dos alunos do 9ºano que o irão ilustrar para, quem sabe, o publicarmos!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...